Mais novidades do Saint Seiya: Brave Soldiers

1

http://www.cavzodiaco.com.br/images13/bravos_psnjapa.jpg

Conforme divulgamos ontem, o jogo Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados  foi lançado oficialmente no Japão. Se você é como nós, que não aguenta esperar até Novembro para conferir o jogo, existe uma forma de jogá-lo hoje mesmo: adquirindo-a através da PSN japonesa. O processo não é simples e também não é muito barato, mas fica a dica:

1) Crie uma conta na PSN japonesa (no Youtube existem vários tutoriais para isso)

2) Compre um PSN Card de 10 mil Yen (cerca de R$ 250,00) através do Ebay ou do Mercado Livre

3) Entre na PSN japonesa e faça a compra do jogo através do código comprado (nem é precisar procurar pelo nome do jogo, já que ele está em destaque na tela inicial). O jogo custa 7480 Yen, portanto vai sobrar crédito na sua conta para você comprar os DLCs depois

4) Faça o download do jogo (tem 3GB).

5) Você ainda ganha o DLC do Shion de Áries grátis

O fã Renato Lauriano  (que sempre nos ajuda a vasculhar os conteúdos extras dos jogos da série) nos deu a dica: o jogo Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados poderá ter um total de 34 personagens e/ou skins via DLC. Pelo menos esta é a quantidade de arquivos presentes no Blu-Ray do jogo. Confira a imagem:

http://www.cavzodiaco.com.br/images13/bravos_dlc_34.jpg

Já jogamos a versão japonesa de Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados  (Brave Soldiers), novo game exclusivo do PS3. Definitivamente é um jogo divertido e muito bom, vai agradar bastante jogadores casuais e fãs da série. Não dá para compará-lo com o Batalha do Santuário, pois é um estilo de jogo totalmente diferente, embora alguns detalhes lembram um pouco o jogo anterior. Os gráficos em cel shading deixam o visual bem mais agradável. As músicas são recicladas dos jogos anteriores.

Os controles são simples e os combos saem naturalmente. Cada personagem possui cerca de 3 golpes. No caso do Seiya, por exemplo, você dispara os Meteoros de Pégaso apertando o botão “bola” (precisa ter uma barra de cosmo carregada pelo menos), o Cometa de Pégaso segurando o L2 e apertando “bola” (precisa ter cosmo) e o Turbilhão de Pégaso segurando L1 e apertando “quadrado” ou “triângulo”. O ataque Big Bang é acionado com o cosmo no máximo e segurando L2 e apertando R2 em seguida. No caso do Seiya V1, o Big Bang é o Meteoro de Pégaso, mas deve ser possível adquirir outros no decorrer do jogo. Todos os personagens possuem esta mecânica de golpes. Além disso existe o botão de pulo (“X”) e é possível fazer várias esquivas com corridas ou na velocidade, deixando o jogo bem dinâmico. Contra-golpes também são bons para sair de situações complicadas. Um detalhe interessante é que as defesas funcionam bem (na luta contra a Armadura de Gêmeos, por exemplo, é muito simples bloquear o Outra Dimensão, fato que era complicado no Batalha do Santuário e chegava até a irritar pois parecia um golpe sem defesa). Enfim, cada personagem tem sua característica e vale a pena utilizar o modo de treino para conhecer cada um dos personagens. No modo história, quando você perde uma luta, é possível ressuscitar como nos jogos do PS2, só que desta vez basta pressionar o botão “bola” várias vezes dentro do tempo permitido.

No modo Battle, que é o modo versus, existem várias opções interessantes e é possível configurar bastante coisa. Além do modo clássico de luta, destacamos: modo de 3 quedas, ou seja, para ganhar você precisa derrubar o adversário três vezes, modo morte-súbita, onde o primeiro golpe o torna vencedor, modo de vitória apenas com o sétimo sentido, entre outros. O modo Guerra Galáctica é bem legal também, com a contagem da força dos golpes em KGW e o narrador (que neste caso é apenas uma legenda do narrador falando), só é uma pena não termos os outros três Cavaleiros de Bronze menores para completar.

Ainda não testamos o modo online e nem as melhorias dos personagens através dos Orbes. O modo Galeria é bem divertido também, assim como no Batalha do Santuário.

A liberação dos personagens e cenários vai acontecendo conforme você vai avançando no modo história, que inclusive possui várias cenas estáticas do anime. Como compramos a versão da PSN japonesa, o manual de instruções pode ser consultado diretamente na tela.

Confira algumas fotos que capturamos:

Galeria das imagens

Mais uma vez o fã Renato Lauriano  fez uma investigação completa do disco em Blu-Ray do novo jogo Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados, recém lançado no Japão, e conseguiu extrair os modelos 3D dos DLCs que estarão presentes em breve a venda na PSN. Infelizmente as partes que não são armaduras formam uma malha de polígonos estranha e tiveram que ser deletadas, portanto ele não pode tirar screenshots dos DLCs de cavaleiros sem armadura (não seria possível ver algo). Baseado nos nomes dos arquivos e vestígios de peças (como por exemplo as partes metálicas do suspensório do Shun ou os botões e tridente de Poseidon, o Renato fez uma lista. Confira:

Seiya com Armadura de Odin

Mu, Kanon, Camus, Aiolia e Aiolos sem armadura

Shina e Marin com armadura e sem máscara, sem armadura, sem armadura e sem máscara

Poseidon sem armadura

Shura com armadura do mangá

Cinco Cavaleiros de Bronze sem armadura

Seiya com armadura de treino

Shiryu e Máscara da Morte sem camisa (estes são desbloqueados no modo história do jogo mesmo)

Cinco Cavaleiros de Bronze V2 dourados

Cinco Cavaleiros de Bronze V3 dourados

Ikki e Shun com Armadura de Ouro: os Cavaleiros de Bronze com armadura de ouro são designados pelas abreviações dos signos AQU, SIT e LBR. As únicas 2 DLCs com nomes de signos são VRG e LEO que são os cavaleiros de bronze que faltam dos 5, outro fato que reforça essa teoria é que as armaduras destes 2 arquivos são menores que as armaduras com o nome do Shaka e do Aioria.

Seiya com armadura Divina OCE: existem 2 arquivos SEG e DSG, os arquivos que começam com D são DLCs (excluindo DTH que vem de Death Mask)

A imagem da Shina abaixo mostra a lógica e a imagem do Shura mostra a armadura do mangá:

Galeria das imagens

Fonte: CavZodíaco


Compartilhe.

Sobre o Autor

Marcos Heber

Moro em Guaratinguetá, sou formado em Design na Faculdade FATEA em Lorena - SP. Curto games como Sonic, God Of War,animes como Os Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball Z, Samurai X e mangás são os mesmos e meu estilo de música é Heavy Metal como Metallica, Iron Maiden. Minha especialidade no Recanto do Dragão é trazer e postar noticias relacionadas ao mundo dos games e animes.

  • Sydnei

    Olá!
    Eu comprei o jogo essa semana e estou gostando muito, já completei o jogo hoje e tudo. Mas tenho uma dúvida: eu só estou vendo um Ataque Big Ban pra cada jogador e sinceramente não acho isso legal, no jogo do PS2 eram até 3 ataques Big Ban pra cada jogador, eles tem que evoluir os jogos e não regredir! Vc sabe se tem como adquirir mais de um Ataque Big ban pra cada jogador??